segunda-feira, 9 de maio de 2011

Porquê um blog?

Já sou blogueira, em outra paragem, há aproximadamente 4 anos. Muito tenho falado das experiências da minha vida colorindo-as das mais variadíssimas maneiras. Visitando o arquivo dessa paragem consigo perceber paixões, medos, desejos, revolta, esperança, confusão, alegria, tristeza, euforia, insegurança, força, determinação e indeterminação, instabilidade, gostos e desgostos, mágoas, amor, paz, felicidade, crítica, futilidades, reflexões e afins. É bem fácil concluir que o meu ser andou muito de montanha russa! Tanto que um dia ficou cansado, desesperado e confuso. Gritava à procura de paz de espírito, as rédeas dos seus pensamentos e emoções! Gritava por equilíbrio emocional, por felicidade constante e permanente! "Entrou na urgência" no primeiro dia que descobriu que não era apenas um a habitar seu corpo! Outro ser ali crescia! Havia pesquisado, lido e ouvido a possibilidade de trabalhar o corpo e a mente através da prática dum tal de yoga. Logo pus os pés ao caminho! Um amigo falou de uma profissional exemplar e do espaço agradável onde exercia essa actividade! Assim iniciei a minha primeira prática! Foi tudo muito estranho! Não percebia o que aquelas pessoas de olhos fechados "rezavam", porque tinha de me preocupar tanto em respirar! Descobria que a minha assiduidade diária em aulas de "enfarta o ego" (BTS (Body Training Systems)) e musculação não me fizeram tão forte e ágil como julgava. Os meus braços e pernas tremiam! Torções e flexões eram verdadeiras torturas! Constatei imensas limitações! Rapidamente percebi que queria muito superá-las! Cada vez que praticava sentia um efeito diferente física e psicologicamente. Lembro que nas primeiras vezes de yoga nidra até vontade de chorar tinha! Well...o tempo foi passando, a barriga crescendo e eu renascendo! A gestação e o nascimento da minha filhota despertaram muita coisa em mim! Não queria ficar apenas pela vontade de mudar e transformar a minha forma de ver e viver a vida! Era hora de agir! E assim iniciei a formação em Astanga Vinyasa Yoga e a longa jornada em busca de liberdade e plenitude!

Quero com este espaço continuar a escrever e a partilhar a minha vivência enquanto caminhante pelos trilhos do yoga.    

2 comentários:

  1. Bird, gostei muito do seu Blog, de seus artigos sobre Yoga. Já pratiquei com mais intensidade ha tempos, hoje pratico algumas vezes incluida em outras atividades físicas ou em casa.
    Gostei das Posturas bem especificadas.
    Tudo de bom pra Você e continue assim, grande e forte!

    ResponderEliminar
  2. Oi A50! Tenho um amigo também de Belo Horizonte, Minas Gerais :))
    Obrigada pelo comentário! Continua firme na tua prática!
    Beijo

    ResponderEliminar